julho 22, 2008

Grande Arnaldo



Assisti a um show espetacular de Arnaldo Antunes no último sábado no jardim da Fundação Gulbenkian.

Pode-se dizer que em sua melhor forma talvez, aos 47 anos, Arnaldo apresentou aos lisboetas e brazucas de plantão o álbum "Quase", gravado em setembro de 2007.

Acompanhado de Chico Salem (violões de náilon e aço), Betão Aguiar (guitarra e violão) e Marcelo Jeneci (teclados e sanfona), Arnaldo deu um show de performance no palco. Dava chutes, ensaiava uns passos soltos, brincava com as imagens projetadas ao fundo do palco...

Eu sempre acompanhei o trabalho de Arnaldo e sempre fui muito fã de seu trabalho, mas posso dizer que nunca imaginei que a expressão dessa figura fosse tão impactante e carismática. Foi uma dádiva vê-lo cantar a um passo de mim, eu estava bem a frente e ele chegou a sentar no palco, cantando suas belas composições.

Grande Arnaldo, é o cara!

Sem comentários: